banner grupo acolhida copy GIP_copy  SABIA bannerSITE 01
Abre Consulado geral do Brasil em Faro PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Sexta, 20 Abril 2012 19:07

bandeirabrasilFaro: Novo consulado do Brasil apoia imigrantes do Algarve a Setúbal

Faro, Portugal 19/04/2012 14:36 (LUSA) 
Temas: Política, Diplomacia
 

O Consulado–Geral do Brasil em Faro é inaugurado na sexta-feira com a missão de apoiar a numerosa população que reside no Algarve, mas com uma área de influência que chega ao distrito de Setúbal, disse à Lusa fonte da delegação diplomática.

“O Algarve é um dos principais destinos de eleição dos nacionais brasileiros, depois de Lisboa. A numerosa comunidade atinge aproximadamente 12.000 habitantes, constituindo a segunda maior comunidade de imigrantes, depois dos países do Leste Europeu”, afirmou a mesma fonte.

A jurisdição do Consulado-Geral não se esgota no Algarve e abrange também os distritos de Beja e Évora e os municípios de Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém e Sines, já distrito de Setúbal.

“A migração brasileira na região é de natureza laboral e a população está distribuída pelos setores de comércio e serviços (hotelaria, restauração, saúde e construção). A comunidade brasileira conta, igualmente, com o maior número de alunos matriculados nas escolas do Algarve e com a segunda maior taxa de nascimentos da região”, explicou a fonte do consulado.

A representação diplomática realçou, no entanto, que “atualmente se nota contudo uma onda crescente de cidadãos brasileiros que retornam ao Brasil, incentivados pela sustentabilidade e pelo crescimento da economia brasileira, que apresenta uma série de novos desafios e oportunidades”.

O Consulado- Geral terá, por isso, um “papel duplo e relevante”, apoiando e prestando e serviços à comunidade brasileira em Portugal, mas também dando auxílio aos que queiram regressar ao seu país.

A intenção de criar um consulado-geral na capital algarvia surgiu em 2010, com um decreto assinado pelo então Presidente brasileiro, Lula da Silva.

Os serviços diplomáticos vão ficar instalados num imóvel de interesse público do século XVIII, denominado Casa Nobre, no centro histórico de Faro, que pertenceu ao industrial e negociante do setor da cortiça José Alexandre Fonseca.

Manuel Innocêncio Júnior será o cônsul-geral do Brasil em Faro.